Música - origem e instrumentos

30/08/2016

música é um dos principais elementos da nossa cultura. Há indícios de que desde a pré-história já se produzia música, provavelmente como da consequência observação dos sons da natureza. É de cerca do ano de 60.000 a.C. o vestígio de uma flauta de osso e de 3.000 a.C. a presença de liras e harpas na Mesopotâmia.

 

No panteão grego, por exemplo, Apolo é a divindade que rege as artes.

 

Por isso vemos várias representações suas, nas quais ele porta uma lira.

 

Vale lembrar que na Grécia Antiga apenas a música e a poesia eram consideradas manifestações artísticas da maneira como as compreendemos atualmente.

 

Música é uma palavra de origem grega, vem de musiké téchne, a arte das musas e se constitui, basicamente de uma sucessão de sons, entremeados por curtos períodos de silêncio, organizada ao longo de um determinado tempo.

Assim, é uma combinação de elementos sonoros que são percebidos pela audição. Isso inclui variações nas características do som, tais como duração, altura, intensidade e timbre, que podem ocorrer em diferentes ritmos, melodias ou harmonias.

 

 

 

Tipos de instrumentos musicais

 

Instrumentos de sopro: Podem ser feitos de madeira, como, por exemplo, a flauta, o clarinete, o saxofone, o fagote e o oboé, embora algumas vezes possuam metal e plástico em sua composição.

Os instrumentos de sopro de madeira se distinguem dos instrumentos de sopro feitos de metal pela forma como o som é produzido: pela vibração do ar em um tubo oco. O ar vibra soprando-se no bocal, no caso da flauta, ou através de uma palheta simples, no clarinete e no saxofone, ou de uma palheta dupla, no caso do oboé e do fagote.

Os instrumentos de sopro feitos de metal são produzidos com latão e o som nasce da vibração dos lábios do músico no bocal, o que faz com que o ar vibre dentro do tubo. Nesse grupo encontramos o trompete, o trombone, a corneta, a trompa e a tuba.

 

Instrumentos de corda: O som é produzido pela vibração de uma ou mais cordas esticadas, através de fricção (violino, violoncelo, contrabaixo) ou de dedilhado (harpa, lira, violão, guitarra).

 

Instrumentos de teclas: O som é produzido por meio de um teclado que faz vibrações no ar (órgão de tubo) ou em cordas (piano). Uma curiosidade: a parte interna de um piano possui um mecanismo com mais de 6.000 peças, cada tecla aciona um martelo revestido de feltro que bate numa corda de aço, produzindo um som.

 

Instrumentos de percussão: Os sons são produzidos percutindo, sacudindo, raspando ou batendo um elemento contra o outro. São exemplos de instrumentos de percussão: xilofone, vibrafone, gongo (ou tantã), triângulo, címbalo, castanholas, claves, maracas e tambores.


Os tambores consistem em uma pele ou um plástico esticados sobre uma ou duas molduras. Podem ser divididos em três grandes grupos, de acordo com sua forma: fuste estreito (pandeiro), semi-esféricos (timbales) e cilíndricos (conga). Podem ser tocados utilizando-se as mãos, baquetas, escovinhas ou varetas de ferro.

 

Instrumentos eletrônicos: Geram sinais eletrônicos que são amplificados e convertidos em sons. Por exemplo: teclado, sintetizador, bateria eletrônica, sampler etc.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:http://educacao.uol.com.br/disciplinas/artes/musica---origem-sons-e-instrumentos.htm

 

Please reload

Please reload

Posts Em Destaque
Arquivo
Siga

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda a Sexta: 9h às 12h / 13h30 às 18h30

​Eventualmente aulas à noite (a combinar)

ENDEREÇO

Rua Castro Alves, 117 - Bairro Petrópolis

Passo Fundo - RS

Telefone: (54) 3313.1382

 

fmescolademusica@gmail.com

  • Facebook Social Icon

© 2020 por FM Escola de Música - Fabíula Mugnol.